domingo, 18 de fevereiro de 2018

Humildade fora de horas...

"Estar em Lisboa, Sentadinha num sofá a dar palpites sem ter noção da realidade, das causas e de uma vivência no terreno é muito fácil."

Constança Urbano de Sousa

Ninguém no ministério da educação tem esta opinião... Como os seus filhinhos andam em ricos colégios particulares, pensam que as escolas funcionam todas assim. Conclusão: Não têm a humildade de perceber que, em Portugal, a educação deveria e poderia ser muito melhor, caso dessem condições de trabalho aos professores e responsabilizassem, de qualquer forma, os pais dos meninos pelo seu comportamento. A carteira era uma boa ideia (multas). 

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Com pelo menos uma crónica semanal, por que não denuncias tu?

Temos histórias sobre o desespero dos trabalhadores atirados para o desemprego, mas não temos a história das falências, dos erros de gestão, da ganância, da incompetência, ou dos erros do crédito e da banca, ou do estado (...)
Pacheco Pereira, Revista Sábado, sobre a Política Portuguesa/Imprensa Portuguesa 

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Montepio Acredita

Concurso Montepio Acredita Portugal

Tem uma ideia de negócio, mas não sabe por onde começar?
Tem até ao dia 4 de fevereiro para se inscrever no Concurso Montepio Acredita Portugal! Para candidatar a sua ideia ou projeto, basta inscrever-se aqui, de forma gratuita!

O maior concurso de empreendedorismo do país e o 2º maior do mundo apoia qualquer pessoa com uma ideia de negócio, independentemente da idade ou formação.

A concurso estão mais de 500.000€ em prémios e os finalistas entram num programa de pré-aceleração, onde entram em contacto com investidores e mentores.

Se tem uma ideia de negócio e não sabe por onde começar, inscreva-se aqui.
Mais informações aqui.

Leito

A vida nem sempre faz
Justiça a quem vive em paz.
Não me lembro qual foi a razão
De ter estado tão perto do chão.

Sofri agruras enormes, foi o destino
Deitado no leito parecia um menino.
A maior de todas foi a solidão
Que me acompanhou e levou pela mão.

Tirei forças, de onde? não sei
fiz-me forte porque sempre lutei
O segredo foi ignorar a dor
até me tornar vencedor.



quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Carimbo...

Alguma coisa fiz/vivi/sonhei/partilhei para ter tanto apoio e tanta solidariedade nesta hora difícil.

sábado, 11 de novembro de 2017

Chineses

Os chineses da minha terra.
Os chineses da minha terra não são como os outros chineses: fumam, bebem, vão ao café, pedem torradas, usam e abusam do restaurante.
Os chineses da minha terra são simpáticos, têm sentido de humor, não me perseguem na sua loja de chineses, riem-se, mostram os dentes, têm sentido de humor, riem-se, brincam com sentido de humor.
Os chineses da minha terra são fixes. 
É tudo.

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Comentário Retirado de uma Rede Social

"Porque não deixam Sócrates em paz? Mesmo que venha a ser condenado (duvido, embora não diga que é inocente) não terá ele direito a fazer a sua vida? Não gostam paciência... sigam em frente! Acredito que a maior parte destes comentadores amanhã vão à missa bater com a mão no peito ... Onde fica a caridade cristã? Tanto corrupto, tanto corruptor, tanta gente sem vergonha e só com Sócrates é este ódio exacerbado... é tudo maldade ou é só perseguição política? Terá ele alguma razão? Um dia saberemos..."

A autora do mesmo tem curso superior. Será que teve equivalências?

domingo, 5 de novembro de 2017

sábado, 4 de novembro de 2017

Poesia-me

Poesia-me.
Faz de mim o teu soneto,
A tua melhor rima,
Aumenta a minha auto-estima

Poesia-me sempre.
Utiliza a tua ironia,
O teu sarcasmo,
O teu melhor pleonasmo

Poesia-me bem.
Acredita no passado,
Hiperboliza o nosso amor,
Brinca com a nossa dor

Poesia-me à vontade.
Afaga as sílabas, escolhe cada palavra,
Faz da conjugação a tua amada,
Torna a pontuação tua aliada, 

Poesia-me mais e mais.
Mais que muito, mais que tudo,
Grita a metáfora que tens dentro de ti,
Torna-me o poema que nunca li

Poesia-me demais.
Torna-me humano, desalinhado, 
Sonhador, obstinado, 
Mortal e apaixonado.